Júri

Joana Nunes

Joana Nunes, natural de Lisboa, deu os seus primeiros passos no mundo da representação em tenra idade, participando em aulas e projetos de teatro escolar desde os 5 anos de idade.

Aos 15 anos iniciou a sua formação profissional na Arte 6, uma academia de interpretação dirigida pela atriz brasileira Thaís de Campos.

Em televisão participou em projetos como “Anjo Selvagem” e “Ana e os 7”, mas foi a sua participação num dos maiores fenómenos televisivos em Portugal, “Morangos com Açúcar” em 2004, com a personagem Sofia, uma jovem que sofria de violência doméstica, que ganhou maior visibilidade.

Em 2014 mudou-se para Barcelona onde realizou projetos como a curta-metragem “Leave out all the Rest”, dirigida por Laia Palacios.

Atualmente a viver entre Madrid e Barcelona, cidades onde continua a formar-se como atriz e a participar em projetos relacionados com a sétima arte sempre que o seu trabalho na área do marketing e das vendas o permite.

 

 Luís Miranda

É realizador e produtor independente de cinema e audiovisual, argumentista e docente. Realizador de 130 obras cinematográficas e audiovisuais (forma curta e longa). 2 Prémios de Melhor Curta-Metragem, 6 Menções Honrosas (Realização), múltiplas seleções oficiais e nomeações (Melhor Filme, Melhor Realização) em mais de 100 participações em festivais e mostras de cinema e vídeo. 6 filmes distribuídos comercialmente. Detém mais de 750 créditos na produção cinematográfica e audiovisual. Fundador da Miranda Filmes e da Hiperfocal Filmes. Docente de Cinema e Vídeo na Escola Artística de Soares dos Reis e na Escola Superior Artística do Porto. Mestre em Práticas Artísticas Contemporâneas (tema: cinema de autor – FBAUP), Licenciado em Arte e Comunicação – Audiovisual (ESAP) e Bacharel em Cinema e Vídeo (ESAP).

 

Roberto Merino

Roberto Merino Mercado nasceu no ano de 1952, em Concepción, província do Chile. Estudou Matemática na universidade local, mas tem-se dedicado ao teatro, desde a infância. Depois do Golpe Militar no Chile, exilou-se no estrangeiro. Inicialmente, na então República Federal Alemã (RFA) e, a partir de 1975, na cidade do Porto (Portugal). Dirigiu artisticamente o Teatro Experimental do Porto (TEP) até 1978, voltando em mais duas ocasiões a essa companhia profissional. Posteriormente, trabalhou nos Serviços Culturais da Câmara Municipal do Funchal e com o Grupo de Teatro Experimental do Funchal. Desde 1982, dirige o Curso Superior de Teatro da Escola Superior Artística do Porto. Colabora também como docente na Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti, desde 1991. E foi professor da Balleteatro Escola Profissional durante três décadas. Como dramaturgo e encenador profissional, trabalhou no TEP, no Seiva Trupe, no Teatro Art´Imagem, na Faculdade de Ciências da Universidade do Porto (UP) e na Faculdade de Direito da UP, entre outros palcos.